Please reload

Posts Recentes

Cresce a frota de Cruzeiros Australis: no dia 02 de janeiro de 2018, o Ventus Australis realiza a sua estreia pelos canais da Patagônia

January 5, 2018

1/6
Please reload

Posts Em Destaque

Já ouviu falar do Pingüim de Magalhães?

September 20, 2016

 A primeira menção deste simpático animal foi estabelecida em 1520, pelo relator da viagem de Fernando de Magalhães, Antonio Pigafetta, que o descreve como um ganso silvestre!

Presume-se que o pinguim foi em um passado remoto uma ave terrestre voadora, aparentada com os petréis, que depois se aproximou cada vez mais do mar para encontrar alimentos.

Assim, deixou de voar e se adaptou à vida aquática, junto com seu corpo: patas com membranas interdigitais, e suas asas se transformaram em alas, iguais aos peixes. No mundo existem 17 espécies de pinguins, todos no Hemisfério Sul, sendo o mais setentrional o pinguim de Galápagos e, o mais meridional, o pinguim Imperador que habita no interior do continente Antártico.

O pinguim de Magalhães pode ser encontrado desde a Terra do Fogo até o Brasil (pelo oceano Atlântico) e Peru (pelo oceano) esses distantes destinos são alcançados através de uma migração por águas mornas de mais de 6.000 quilômetros.

Nosso pinguim mede entre 50 cm e 70 cm de altura, pesa até 5 quilos e vive até os 20 anos de idade.

 

REPRODUÇÃO

 

Entre agosto e setembro chegam à região os primeiros machos para reconstruir o ninho, geralmente no mesmo lugar que utilizaram na temporada anterior, que pode ser ao ar livre ou embaixo de um arbusto. Logo chegam as fêmeas e se formam os casais. Põem dois ovos (excepcionalmente três), os quais são incubados e cuidados durante 30 até 40 dias por ambos os pinguins, revezando-se para poderem buscar alimento.

 

Você sabia?

 

Com os Cruzeiros Australis é possível ver esse simpático animal pela ilha de Magdalena, esta ilha é o lar de uma imensa colônia de pinguins de Magalhães.

 

Com navios de pequeno porte levando passageiros para alguns dos pontos mais remotos do continente americano, a Australis é a única companhia de cruzeiros especializada em navegar pela região da Patagônia. Os cruzeiros da empresa passam exclusivamente pela Tierra del Fuego, um arquipélago no extremo sul da Argentina e do Chile, e dão a oportunidade única de conhecer o ponto mais meridional do continente, o Cabo Horn, que possui paisagens intocadas, selvagens e deslumbrantes.

 

Os Cruzeiros Australis permitem entrar em contato com a natureza singular da Patagônia sem abrir mão do conforto. Os cruzeiros da companhia possuem uma atmosfera íntima, já que têm capacidade máxima de 210 passageiros, e são todos all-inclusive, com todas as refeições e bebidas incluídas. O grande destaque destes cruzeiros de expedição são suas atividades em terra, que oferecem uma experiência educativa em excursões que permitem observar animais, escalar geleiras e visitar ilhas inabitadas com o apoio de guias que possuem extenso conhecimento sobre a região.

 

 

 

 

Política de proteção ao meio ambiente:

 

Com a Corporação Nacional Florestal, CONAF, responsável pela proteção de Áreas Selvagens Protegidas, foi assinado um acordo de cooperação para a proteção e implementação do Parque Nacional Alberto De Agostini, Parque Nacional Cabo de Hornos e o Monumento Natural Los Pingüinos em “ações de manutenção, conservação e proteção dos lugares visitados, tanto a flora como a fauna, sempre preservando o estado natural e selvagem da natureza”.

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga